Eu sabia…

Eu olhei pra ele. E eu sabia…

Algumas coisas não existem explicações. Você pode procurar o quanto quiser. Não encontrará. Eu aprendi isso cedo, é bom, mas as vezes gostaria de não saber. Por quê? Porque quando as coisas dão errado, quem irá me dizer “Eu te avisei” serei eu mesma. Errar é humano. Persistir no erro, é burrice. E daí dá aquela raiva interior do tipo “porque eu fiz/deixei acontecer isso se eu sabia onde iria terminar?” E alguém vai me dizer, “você não tinha como adivinhar” e “não é sua culpa.” É sim. Quando a gente sabe exatamente onde está se metendo, ainda que não saiba explicar como.

Eu olhei pra ele. E eu sabia…

Nada seria como antes. Talvez eu vá ficar feliz, talvez eu vá me arrepender amargamente. Talvez eu esteja escrevendo aqui, pra amanhã ou depois (ou quem sabe daqui a alguns anos) eu lhes conte o que aconteceu. Pela primeira vez em muito tempo eu tenho essa sensação de que tudo está mudando…e que eu serei atingida quando todas essas mudanças chegarem, quando todas as máscara caírem e todos estarem em seus devidos lugares…

Eu olhei pra ele. E eu sabia… que de alguma forma ele irá mudar minha vida para sempre. Se de uma maneira boa ou ruim, eu não sei. Também não sei quando será. Apenas sei que irá…

Irá mudar tudo o que eu conheço…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s