Nunca mais seremos os mesmos…

 “There’s no lessons here. There’s no happy ending. He’s just gone…” – Sue Sylvester (Glee 5×03 The Quarterback #RememberingCory #FarewelltoFinn)

Algumas coisas mudam a gente para sempre. Uma pequena frase, um episódio da sua série favorita, a fala de um personagem num filme, um gesto, um sorriso, aquele amor que você não consegue compreender, mas que você de alguma forma sabe que é preciso deixá-lo ir…mesmo sem entender muito bem porquê. Você apenas sabe.

Sabe também que nada dura pra sempre. Que somos todos finitos. Que nem sempre existem finais felizes. Que talvez alguns de nós nunca encontre a outra metade da laranja, que alguns de nós nos perderemos no caminho sem poder dizer adeus. Sabe que é preciso dizer mais “eu te amo”, dar mais abraços, mais risadas, mesmo quando isso parece impossível.

Acontece que a gente pega toda essa “sabedoria” e joga num baú, tranca a sete chaves, joga no mar e acredita que a vida é pra sempre, que temos todo tempo do mundo, que o amanhã sempre chega e que a esperança nunca morre. A verdade é que, no final das contas, conscientes ou não, quando abrirmos aquele baú nós nunca mais seremos os mesmos. Nunca mais veremos a vida da mesma maneira, mesmo que tranquemos novamente o baú e o joguemos no mar outra vez…

Anúncios